Digital clock

sexta-feira, 7 de maio de 2010

O céu de Santa Maria de Belém do Grão Pará guarda a beleza e mistérios das terras de clima quente-úmido. É um postal inigualável.

Pano de fundo cinza. Belém parece maquete. Ronald Junqueiro
Reino das nuvens em terra quente-úmida. Ronald Junqueiro
E o anoitecer? Total magia do tempo. Ronald Junqueiro


Dedico o céu de Belém para a amiga Ana Luiza, pessoa apaixonada por esta cidade que dela não esquece.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Futuro negro para a Amazônia. O planeta vai sofrer as consequências dessa catástrofe ambiental, crônica de uma morte anunciada.

.
.
.
Até 2050, as queimadas, a combinaçção do desmatamento e emissão de gases causadores do efeito estufa pode reduzir a Amazônia  a 50% de seu tamanho original. É o que indica o estudo feito pelo pesquisador Gilvan Sampaio, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Em março deste ano, a Amazônia perdeu 76 km2 de floresta. Os dados são do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Esse índice representa aumento de 35% em relação a março do ano passado. O estado do Pará aparece como o principal destruidor da floresta, com 45% das áreas devastadas.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Quem não tem ficha limpa deve ficar fora das eleições. Os brasileiros podem mudar o jogo, sim. O povo reprova candidatos criminosos.

.
.
.
A Câmara dos Deputados acaba de aprovar, em votação simbólica, requerimento assinado por todos os líderes partidários para votação em regime de urgência do Projeto de Lei que institui a chamada ficha limpa para pessoas se candidatarem a cargos eletivos.


O mérito do projeto deverá ser votado amanhã pelo plenário da Câmara. A proposta é de iniciativa popular e foi apresentada à Câmara com mais de 1,6 milhão de assinaturas.(Correio Braziliense)

Não há detergente para limpar ficha de candidato sujo. Devemos barrar caras-de-pau que querem se manter no poder na marra.

.
.
.
Vamos marcar quem não tem ficha limpa. Peguei no Correio Braziliense notícia sobre como é em alguns países o "NÃO" ao candidato ficha suja. Taí o circuito:

Estados Unidos

Em alguns estados são consideradas inelegíveis pessoas condenadas por crimes graves, como homicídio e tráfico de drogas. As diversas legislações estaduais também dão ênfase à prática de suborno ou crime de perjúrio, utilização de dinheiro para influenciar as eleições, corrupção passiva, peculato, malversação, políticos que tenham sofrido impeachment, etc.

Alemanha
Uma condenação judicial desqualifica uma pessoa para votar e ser votada.

Espanha
Estabelece que são inelegíveis os que foram condenados por sentença, ainda que não haja trânsito em julgado, por atos como terrorismo, rebelião ou crimes contra as instituições do Estado.

Uruguai
A cidadania se suspende quando alguém é processado em causa criminal que possa resultar em cumprimento de pena em prisão. Para disputar os cargos de deputado e senador é necessário possuir cidadania natural em exercício.

Luxemburgo
A condenação criminal é uma das hipóteses de inelegibilidade.

Austrália
São inelegíveis aos cargos de senador e de deputado federal, entre outros, aqueles condenados a mais de um ano de prisão, independentemente do tipo de crime cometido.

Bélgica
São inelegíveis aqueles que tiverem suspensos os direitos de exercício do voto em função de alguma condenação.

Holanda
É impedido de votar e ser votado aquele que tenha cometido crime cuja pena seja superior a um ano.