Digital clock

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

A noite volta sempre para surpreender nosso olhar. Brinca com a luz como quem provoca a mulher que se esconde sob camadas de véus.


Casarão da Faculdade de  Medicina. Ronald Junqueiro

Um comentário:

Ana Luiza disse...

E mesmo à noite os véus da alma são difíceis de tirar, não é? Beijo, querido!