Digital clock

sábado, 23 de janeiro de 2010

sábado, 16 de janeiro de 2010

Poder é fábrica de merda. O problema maior é encontrar fornecedor de papel higiênico para limpar as cagadas feitas pelos 'donos' do poder.


Cena noturna. Feirantes da Pedreira. Ronald Junqueiro


O inverno chegou em Belém. Outro humor, outra iluminação. A cidade fica meio etérea sob as águas. Mas as chuvas mostram bueiros entupidos, alagam baixadas e expõem as mazelas urbanas. Poesia, só na fotografia. Ou na música. Escuto a Blue FM de Buenos Aires.


quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Zilda Arns, uma brasileira de verdade


-----
-----
Não quero postar fotos. Deixo só o sentimento que espero ser traduzido no texto. Todo brasileiro deve andar triste com a morte de dona Zilda Arns, uma mulher que serve de exemplo para mulheres e homens que acreditam que fazer o bem não depende do PODER, mas de ter o dom de juntar forças, de acreditar no coletivo. Isso faz a diferença quanto ao amor ao próximo, que deve ser coletivo, dona Zilda Arns mostrou a que veio, fez a coisa certa: salvou vidas.

Que Ser iluminado, essa mulher!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Vozes imortais como a de Dalva de Oliveira mostram que temos muito mais coisas entre o céu e a terra do que sonha a vã filosofia


Dalva, grande estrela da música

A minissérie que traz para os brasileiros a vida de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins foi uma bola dentro da TV Globo . Os dois vem embalados por um país getulista, mas que mostra o lado bom da alegria dessiliconizada. Entre tapas, beijos e traições, o Brasil parecia mais brasileiro e estrelado. Eu queria ter vivido este tempo. Vi a estréia e achei uma química duca entre os atores Adriana Esteves e Fábio Assunção.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Primeiro de janeiro de 2010. Deixo imagem que não é abstrata. Meu território. No mais é deixar a vida se realizar...


O céu de Belém do Pará, azul para o inverno. E o verde
fundamental a nos cobrir de sombra. Ronald Junqueiro



Escuto a rádio Europe 1, de Paris. J´aime. Bon soir. Merci.