Digital clock

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Céu, tão lindo é o céu e bando de nuvens que passam ligeiras. Aonde elas vão, ah!, eu não sei. Sem Tom Jobim, a gente nem notaria o céu.

O dia desabrocha sob o signo das nuvens. Ronald Junqueiro

Um comentário:

Ana Luiza disse...

Gosto de céus assim, enevoados. Pra mim, as nuvens são as rugas do céu... Beijo, querido, saudade.