Digital clock

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Rita Lee muito mais sexy em Belém do Pará

A foto da Lady Rock foi abduzida em Brasília

Rita e sua trupe dão uma paradinha em Belém na megaturnê do show “Pic-Nic”. Festa em dose dupla: comemora os 40 anos de estrada que começou no Rio de Janeiro este ano e 60 anos.

O Brasil não teria graça sem Rita Lee.

Mutante, camaleoa, roqueira tropicalista, a filha de Charles e Romilda, mulher, mãe e agora avó sexagenária e todos os outros títulos que acabam atribuindo a ela, Rita Lee ganha páginas e páginas do noticiário nacional e as perguntas são de uma monotonia previsível. Mas questões desse tipo são outros 500.

Peguei numa matéria, dessas com entrevistas ping-pong, a resposta que penso melhor traduzir um estado de espírito de quem rala muito, apesar do glamour que pareça ter a profissão.

A pergunta deixa pistas de que foi feita por e-mail, uma coisa enlatada. Se não for, que me perdoe o jornalista.

Repórter - Depois de 40 anos de carreira, você pode dizer que já conhece esse tal de rock´n´roll? Como cantora, compositora, fez tudo o que queria fazer? Ou ainda tem coisas na sua lista que ainda não foram riscadas?

Rita Lee - Para todas as perguntas acima, confesso que não tenho a menor idéia sobre nada, com freqüência faxino minha cabeça e fico só “meditabutando”...

Pô! Como é bom meditabuntar! Mete um pouquinho ali, tira um pouquinho aqui, bundeia acolá na base do bundalelê... lêlêlálá.

Parabéns Rita Lee!!!

6 comentários:

Monika Baumann disse...

Oi, dá uma passada lá no blog... Tem mimo pra ti. Bjuuu

Norma Lima disse...

Alguém foi no show da Rita em Belém?

Norma Lima disse...

Alguém foi no show da Rita em Belém?

carla m. disse...

eu amo essa mulher, amo mesmo!

Ana Luiza disse...

Foste ao show? Me conta! Beijo.

Suely disse...

Adorei a resposta da Rita Lee! Beijo.